Top

Rega Por Aspersão

A uniformidade apresenta uma vantagem para este tipo de rega que mede a forma como a água é fornecida às plantas, distribuindo-a de forma espacial devido ao alcance dos aspersores

Revolution Slider Error: Slider with alias Aspersao not found.
Maybe you mean: 'homenovo' or 'home_eng' or 'homepage_es' or 'homepage_fr'

Os aspersores (“sprinklers”) são dispositivos rotativos formados por um tubo simples ou duplo, com um ou mais orifícios calibrados, cujo movimento rotativo é assegurado por um braço que se desloca devido à pressão da água; o jacto de água tem um movimento rotativo que é conferido ao aspersor através do braço voltando depois à posição inicial pela acção de uma mola.
Estes dispositivos podem ser utilizados directamente, a pressões de 1.5 a 4 bars, ou constituírem um dos elementos de um equipamento de rega de grande capacidade; o seu alcance não excede normalmente os 25 m.

A designação de canhão atribui-se a uma lança de grande dimensão que roda lentamente em torno de um eixo vertical e que pode distribuir até cerca de 130 m3/h de água, a uma pressão de 3-6 bars e a uma distância de ± 50 m, o que corresponde a uma área superior a 1 ha

Equipamento constituído por um quadro auto motriz (canhão auto motriz)
Canhão Móvel montado num Quadro Automotor

Equipamento (canhão auto motriz) constituído por um quadro auto motriz, onde está montado um motor hidráulico para accionamento das rodas e da bobine de enrolamento da mangueira, e por um sistema de direcção, por êmbolo hidráulico, para guia da mangueira.

Canhões de Rega Móvel e Quadro com Sistemas de Enrolamento Fixo

Neste tipo de equipamento, relativamente pequeno e ligeiro, o canhão encontra-se montado num suporte com rodas ou patins.

Canhão de rega montado num quadro móvel rebocado, onde se encontra o sistema de enrolamento
Os canhões móveis de avanço contínuo são equipamentos montados num suporte com rodas ou patins, que se deslocam em linha recta e cuja superfície circular regada corresponde a um sector de ± 2400
A automatização neste sistema de rega permite estabelecer a duração da rega e fraccionar os seus débitos
Canhão de Rega Montado num Quadro Móvel Rebocado

A tracção pode ser efectuada: por cabo ou  pela própria mangueira

Este sistema pode apresentar uma mangueira até 600 m de comprimento e ter dois canhões, distanciados de 20 m, montados numa barra transversal articulável.

Canhões de Rega Móveis de Avanço Contínuo

A quantidade de água distribuída  depende fundamentalmente do débito do canhão, do alcance do jacto e velocidade de avanço e permite, relativamente aos canhões fixos, uma maior regularidade na repartição da água e uma diminuição da erosão resultante dos sucessivos impactos das gotas na mesma área.

Considerando a mobilidade do suporte do canhão e da bobine de enrolamento da mangueira (ou cabo) tem-se:

– Canhão de rega móvel e quadro com o sistema de enrolamento fixa
– Canhão de rega montado num quadro móvel rebocado
– Canhão de rega móvel montado num quadro automotor
Canhões de Rega Fixos

O accionamento e paragem são comandados pela variação da pressão da água de alimentação que provoca impulsos que são detectados por um dispositivo eléctrico que permite estabelecer o programa das regas e sua duração, ou, então, detectados por um dispositivo hidráulico de contagem, que acciona a abertura ou fecho das válvulas de alimentação do canhão.

308